15 de out de 2011

THÉÂTRE du SOLEIL
 O lendário grupo de teatro Francês está 
em São Paulo com a peça,
"Os Náufragos da Louca Esperança",
uma das mais importantes companhias 
do mundo, fundada e dirigida por 
 Ariane Mnouchkine, o Soleil tem mais 
de 20 peças encenadas. Segundo as palavras 
da diretora, "nosso papel é mostrar que o
 teatro é possível. É reencantar a história,
 trazer de volta o desejo, a coragem, o apetite".
A montagem do enorme galpão foi feita
 no Sesc Belenzinho.
Acima, durante o intervalo da peça,
que dura quatro horas!
Nesta foto já eram nove horas da noite e
é incrível como eles conseguiram criar 
uma luz tão perfeita que parecia dia!
Os cenários são trocado em todas 
as cenas, não existe cortina, tudo faz 
parte do espetáculo e é feito 
na frente do público.
Logo na entrada você pode ver o 
camarim, todo exposto, os atores 
conversando, se preparando, já dá 
para sentir o clima do começo do século,
imaginar o que vem pela frente...
Na trama, Jean La Palette, diretor socialista,
e sua irmã Gabrielle, animados com o espírito 
da Belle Époque, usam o recém-inventado 
cinematógrafo na produção de um filme
mudo. Semanas antes da eclosão da Primeira 
Guerra Mundial, alojam-se no sótão de um
cabaré, cujo dono entusiasmado cede 
seus funcionários para as filmagens.
Baseada em um naufrágio descrito em um 
romance póstumo de Júlio Verne, a película
mostra uma embarcação que parte do país de 
Gales para a Austrália, em 1889, e encalha perto 
da  Patagônia. Com o acidente, cria-se a situação 
ideal para as mensagens edificantes do diretor,
que quer mostrar ser possível a construção de
uma nova sociedade pelos náufragos, baseada em
 ideais humanitários. As filmagens não acontecem 
como seus planos, imprevistos provocados 
principalmente pelo amadorismo dos atores levam 
história para diferentes caminhos. Sem que, ainda 
assim, ele perca sua louca esperança no cinema 
e no mundo.
A peça tem vários momentos que são 
de chorar de rir, não tenho palavras para 
dizer o quanto eu gostei, estou até pensando em 
voltar esta semana e ver de novo!
Acima, cena da cena sendo filmada,
onde a Rainha Vitória tem uma 
conversa com um impagável 
Charles Darwin!
IM-PER-DÍ-VEL!

Related Posts with Thumbnails